Como escolher a empresa de TI certa para as necessidades do meu negócio?


artigo 4 - suporte-01

Falhas nos sistemas ou na infraestrutura de uma empresa pode representar uma oportunidade perdida. Em muitos casos, a terceirização do departamento de TI é uma solução viável para evitar tais inconvenientes. Mas como escolher o provedor de TI ideal para o meu estabelecimento? Está é uma dúvida comum entre muitos gestores que veem amadurecendo a ideia de implantar a terceirização, mas não sabem como definir a melhor empresa para o seu negócio.

Então, agora vamos discutir alguns pontos e 8 questionamentos que devem ser analisados criticamente para fazer uma boa escolha e desfrutar tranquilamente de todas as vantagens desta nova parceria.

  1. Qual o tempo médio para a resolução de problemas pontuais?

Para determinar se é interessante trabalhar com aquela determina empresa, você precisa saber se o seu negócio pode esperar o tempo mínimo que eles garantem solucionar alguns problemas básicos e que podem ocorrer com certa frequência.

Este tempo de resposta pode variar de acordo o valor do contrato, mas independente disso, ele deve ser razoavelmente rápido de modo que não prejudique as atividades da organização a ponto de ocasionar a total paralização dos serviços.

Além disso, tenha cuidado com as empresas que garantem a resolução de problemas de forma mágica ou instantânea para todos os problemas, pois existem casos em que realmente se faz necessária uma análise mais aprofundada até se chegar na solução completa da falha, então duvide das chamadas  “empresas milagrosas”.

  1. Quando ligar, terei acesso direto ao suporte técnico?

Muitas empresas operaram com os call centers sendo o primeiro ponto de contato, e convenhamos, não existe nada mais desagradável do que estar com um problema, ligar para o suporte e ter que responder inúmeras perguntas superficiais de atendentes tecnicamente despreparados para solucionar o seu problema, não é mesmo?     Então se atente a estão questão para evitar dores de cabeça no futuro.

 

  1. Como e quando serão realizadas as cobranças?

Verifique as formas e as datas de pagamento que a empresa disponibiliza e veja se elas combinam com a sua realidade. Os termos das empresas de suporte variam, mas geralmente os pagamentos ocorrem de 15 a 30 dias. Os contratos de apoio tendem a ser pagos mensalmente, trimestralmente ou anualmente e costumam ser pagos antecipadamente.

  1. O que não está coberto pelo contrato de suporte?

Tão importante quanto saber o que você direito, é saber o que você não tem direito. Então questione sobre o que não esta incluso no pacote do serviço contratado. Peça exemplos de serviços ou equipamentos pelos quais você poderá ser cobrado de forma adicional. Por exemplo, se um servidor apresentar falhar e precisar ser substituído, sua instalação será coberta pelo contrato ou custará a mais?

  1. Serviços de gerenciamento e monitoramento são oferecidos remotamente?

Muitas empresas de suporte de TI ainda operam com o serviço de reparo limitado ao atendimento físico e local, deixando assim a desejar, visto que alguns problemas podem ser solucionados remotamente, e consequentemente de forma mais ágil.

Outro serviço interessante é o monitoramento em tempo real no regime 24/7, que é essencial para a prevenção e resolução de problemas antes mesmo deles ocorrerem, afinal de contas, prevenir é bem melhor do que remediar, não é mesmo.

  1. Existem cases de empresas anteriores para analisar?

Outra ação importante que pode ser realizada é procurar por clientes anteriores daquela organização. Análise o site da empresa e veja se eles apresentam casos concretos de resolução de problemas e que mostre como eles atuaram e ajudaram a organização por meio dos seus serviços. Se possível, análise também comentários e depoimentos de clientes.

  1. Consulte o preço

Este é um fator muito importante e que na maioria das vezes é o que determina a escolha, mas cuidado, às vezes, o barato pode sair caro. Saltar sobre a oferta mais barata não necessariamente será a melhor escolha. O ideal é analisar o custo benefício e aplicá-lo à realidade e ás necessidades da sua empresa.

  1. Verifique as especialidades e áreas de suporte que o provedor oferece

È importante conhecer as especialidades ou áreas de especialização da empresa. Escolha aquela que é especializada em seu sistema e pode apoiar com segurança as áreas de interesse da sua companhia. Por exemplo, não é viável contratar uma empresa de TI baseada no Windows para configurar servidores Mac, ou contratar um suporte especializado em empresas de grande porte, sendo que a sua é de pequeno ou médio.

A nossa equipe de consultores poderá realizar uma análise completa do seu negócio e fornecer conselhos que o ajudarão a tomar decisões assertivas no seu setor de TI, lhe proporcionando acesso a mais recente tecnologia e suporte técnico composto por profissionais gabaritados para a implementação efetiva de diversos serviços.

A Suporte 24×7 fornece serviço de TI parciais ou completos e soluções de telecomunicações para pequenas e médias empresas, por meio de profissionais especialistas em diversas áreas, espalhados por todo o país. Contamos também com a parceria de diversas empresas como Microsoft, Dell, HP, Intel, Cisco, Lenovo entre outras.

Caso tenha interesse, não perca tempo e entre em contato com a Suporte 24×7 no (11) 2391-2320 ou clique aqui para solicitar uma consultoria e saber mais sobre os serviços de suporte em TI que podemos lhe oferecer.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Notícias relacionadas

Publicada em Blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *